Hipnose Clínica na Síndrome de Tourette

//Hipnose Clínica na Síndrome de Tourette
sindrome-tourette

Lisboa, Junho 2014 – Cada vez mais homens, mulheres e crianças que sofrem da Síndrome de Tourette (ST) recorrem à hipnose clínica para controlar o seu corpo e sentirem-se melhor consigo mesmos e em sociedade. 
Síndrome de Tourette ou, na linguagem comum, distúrbio caracterizado por tiques múltiplos, incluindo o uso involuntário ou inapropriado de palavras obscenas (coprolalia) e a repetição involuntária de um som, palavra ou frase de outrem (ecolalia).

 De acordo com Cristina Infante Borges, hipnóloga clínica, “não cabe ao hipnólogo diagnosticar e tratar um paciente com esta patologia. O hipnólogo apenas ensina o paciente a controlar o seu corpo e a estar melhor consigo mesmo e com a sociedade que o rodeia. O papel da hipnose clínica passa por diminuir os tiques e/ou permitir controlá-los, de modo a que o paciente se sinta confortável consigo mesmo.” 

Por ser uma patologia normalmente associada a uma situação traumática, a actuação do hipnólogo clínico passa por desligar a emoção à situação traumática. Posteriormente o hipnólogo ensina o paciente a relaxar todos os músculos do corpo e a controlá-los, através de técnicas específicas e da auto-hipnose que o paciente pode colocar em prática em casa.

Cristina Infante Borges, esclarece”Ao desbloquearmos a emoção e ensinarmos o paciente a baixar a sua frequência cerebral através da auto-hipnose, terminamos logo com outras patologias associadas, como, problemas de sono e ansiedade. 

Muitas vezes, os paciente que nos chegam ao consultório sofrem também de depressão, associada à sua auto imagem e insegurança para com o mundo à sua volta. É uma situação que se verifica com mais frequência nos adolescentes, muitas vezes vítimas de bullying. A diminuição dos tiques faz com que os sujeitos se sintam mais aceites pela sociedade, tornando-se mais comunicativos e interagindo mais com as outras pessoas.” 

No caso dos adolescentes, a família é convidada a participar e ser parte integrante da terapia, através das técnicas de auto-hipnose. Esta técnica beneficia não só o paciente mas todos os que com ele vivem pois trata-se de uma patologia que provoca um cansaço permanente, tanto físico como mentalmente que afecta todos os membros da família 24 horas sobre 24 horas. 

Com uma taxa de sucesso de 90%, são recomendadas três a quatro sessões de hipnose clínica que podem durar entre duas a cinco horas.

Poderá visualizar o testemunho de uma paciente com Síndrome de Tourette antes e após o tratamento, através de hipnose clínica em http://www.hipnoglobal.pt/#!videos/c236f 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.